3 Pilares da Reciclagem

3 Pilares da Reciclagem para um Planeta mais Limpo

Tudo aquilo que não reciclamos vai parar num ralo, num incinerador ou, pior ainda, acaba sendo descartado nas florestas e nos mares. Por isso, é indispensável que todos nós aprendamos os 3 pilares da reciclagem para conseguir viver em um planeta mais limpo.    
 
Hoje em dia, existem pelo menos seis ilhas tóxicas (garbage islands) que formam grandes manchas nos oceanos, com bilhoes de toneladas de resíduos que contaminam ecossistemas inteiros.
 
Será questão de mudar a perspectiva e deixar de pensar nos resíduos como lixo para começar a entendê-los como recursos? 
 
A separação e coleta adequadas permitem reutilizar metais, vidro, papel e produzir adubo com a matéria orgânica. Desta forma, conseguiríamos colocar um freio na depredação dos recursos naturais e do meio ambiente. Por quê?
 
Porque os materiais recuperados ajudam a fabricar novos produtos, como embalagens, frascos e recipientes variados.  Por exemplo: com 40 latas, é possível fabricar um aro de bicicleta. E reciclando 8 caixas de cereais, poderíamos obter um livro.
 

Como Separar e Classificar os Resíduos 

Matéria Inorgânica

Eletrodomésticos, entulho, móveis, roupa, cosméticos, toners, baldes de tinta, medicamentos, dispositivos eletrônicos, pneus, óleo de motor e pilhas são materiais inorgânicos que devem ir para os Pontos Limpos (ou Estações de Reciclagem). Por isso, você precisa verificar onde fica a estação mais próxima à sua casa. 
 
O óleo de cozinha é uma fonte de biocombustível. Ao descartá-lo no ralo, na pia ou no vaso sanitário, você está danificando as tubulações da sua casa. Além de não contribuir em nada com as estações de tratamento. Somente 1 litro de óleo é capaz de contaminar 1000 litros de água!  
 

Matéria Orgânica

A reciclagem de resíduos orgânicos é uma excelente oportunidade de cuidar do meio ambiente e está ao alcance das nossas mãos. Se você quer lutar contra as mudanças climáticas e o processo de desertificação, comece produzindo seu próprio adubo. 
 

O que você pode fazer para colaborar?

Siga a Regra dos 3 “R”

Reduzir

Reduzir é o primeiro dos 3 pilares da reciclagem. Para alcançar um estilo de vida sustentável, você precisa adotar hábitos que te permitam ser um consumidor responsável
 
O primeiro passo é também um dos mais importantes e fáceis de implementar. Consiste em diminuir o consumo de embalagens e materiais descartáveis. Ou seja, aqueles que só podem ser usados uma vez e não permitem reciclagem. 

Podemos conseguir isso com atitudes simples. Por exemplo: 
  1. Levar bolsas ou sacolas de tecido para ir às compras, evitando utilizar as de plástico. 
  2. Conseguir bolsas ecológicas para as frutas e verduras.
  3. Pedir sempre as bebidas sem canudo. Embora estejamos mal acostumados, o uso desse utensílio é completamente desnecessário. Os 10 minutos durante os quais um canudo pode parecer útil significam mais de 100 anos de poluição nos nossos oceanos. 
  4. Andar sempre com uma garrafa de vidro ou plástico para encher quando for necessário, ao invés de comprar garrafas de água todos os dias. 
  5. Comprar a granel. Leve seus recipientes e bolsas ecológicas para evitar consumir as embalagens plásticas dos alimentos. 
Confira outras formas de reduzir nosso consumo (tanto de bens materiais como de recursos naturais):
  1. Utilizar os eletrodomésticos na máxima potência para diminuir o tempo de uso ou a quantidade de vezes que precisamos acioná-los. Por exemplo, a máquina de lavar, o liquidificador e a batedeira.
  2. Tomar banhos curtos. 
  3. Apagar as luzes quando saímos de um lugar ou de um cômodo da casa. 
  4. Antes de comprar, refletir se REALMENTE precisamos adquirir esse produto ou objeto. 
  5. Consumir mais alimentos de origem vegetal. A produção de produtos de origem animal implica no gasto de uma enorme quantidade de recursos, como a água e os alimentos destinados ao gado. Sem falar no alto consumo de combustíveis fosseis para o transporte e a logística. Tudo isso contribui para o desmatamento, as mudanças climáticas, a fome e os períodos de seca no mundo. 

Reutilizar

E se mudamos nossa configuração mental? Reutilizar ao invés de comprar e descartar é uma forma de dar uma nova vida aos produtos. 
 
Antes de jogar uma coisa fora, seja consciente e pense: Como posso utilizá-la de outra maneira ou com outra finalidade? Com uma simples atitude, você estará dando um passo importantíssimo para cuidar melhor do meio ambiente e da sua economia. 
 
Um caixote de frutas de madeira pode ser transformado em um belíssimo móvel ou num cofre para guardar objetos. Uma garrafa se torna um vaso de plantas para cultivar a vida. Estimule sua criatividade e vai perceber que ela é infinita!
 
Infelizmente, somos educados em uma cultura de comprar tudo novo. Mas a verdade é que os brechós e estabelecimentos que vendem produtos usados oferecem variedade a preços acessíveis. Podemos encontrar todo tipo de objeto em ótimo estado: roupas, livros, artigos de decoração, móveis, etc. 
 
Da próxima vez que precisar adquirir alguma dessas coisas, considere a possibilidade de comprar usado, ao invés de novo. O planeta e suas finanças agradecem! 
 

Reciclar

Cada resíduo deve ser descartado no recipiente correto (plástico, vidro, papel/papelão, metal), pois servirão como matéria prima para fabricar novos objetos.
 
Uma boa prática para fomentar os 3 pilares da reciclagem é compartilhar essa filosofia com seus amigos e familiares. Também será extremamente útil que você troquem ideias, informações e experiências. 
           
Informe-se sobre quais são as iniciativas de reciclagem promovidas na sua cidade. Em muitos lugares, existem centros que recebem matéria prima para ser reutilizada.
 
Em relação aos resíduos orgânicos, você pode aproveitá-los para fazer adubo caseiro. Além da satisfação pessoal, esse hábito te proporcionará terra cheia de nutrientes para “alimentar” as suas plantas.  
 
Outra boa ideia é colaborar nas campanhas de várias fundações e ONGs. De Norte a Sul do Brasil, existem várias organizações que fomentam a coleta seletiva e apoiam os trabalhadores da indústria da reciclagem.
 
Algumas empresas também se envolvem nessa causa. Por exemplo, companhias telefônicas e tecnológicas, como VIVO e NOKIA, apoiam iniciativas para reciclar celulares, evitando uma poluição massiva e os riscos do descarte incorreto das baterias.
 
No site do Ministério do Meio Ambiente, podemos encontrar informações úteis sobre as políticas e iniciativas nacionais de educação ambiental e gestão dos resíduos sólidos. Assim como as possibilidades de financiamento e ajuda solidária a projetos locais relacionados a segurança alimentar, reciclagem e preservação dos recursos naturais. 
 
Você conhece alguma iniciativa desse tipo no seu bairro, município ou na sua cidade? Nunca é tarde demais para se envolver e começar a ajudar.
 
Os pequenos hábitos cotidianos compreendidos nesses 3 pilares da reciclagem são fundamentais para a criação e viabilização de um futuro com Lixo Zero. E você é o grande protagonista dessa transformação! 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Total Page Visits: 26

También Te Podría Interesar:

×
×

Carrinho