Qual é a Diferença entre Vegano e Vegetariano?

Diferença entre Vegano e Vegetariano

Você sabe qual é a diferença entre Vegano e Vegetariano? Neste artigo, falaremos sobre os fundamentos e as diferenças do estilo de vida e da alimentação no veganismo e no vegetarianismo. Além disso, te daremos 5 bons motivos para dar o próximo passo rumo a uma vida 100% vegan

Primeiro, lembremos que Tudo Soma e Contribui! 

Para começar, precisamos esclarecer que adotar o veganismo não significa mergulhar de cabeça no vazio. Nem muito menos “se condenar” a uma rotina de renúncias e privações. 

Se você gosta de colocar uma gota de leite no café ou comer um sanduíche com queijo, pode iniciar uma transição no seu próprio ritmo. E cada passo será motivo de comemoração! Não importa quão pequeno possa parecer, você está fazendo a diferença.

Agora sim, retornemos à nossa pergunta chave… Qual é a diferença entre Vegano e Vegetariano?

Bem sabido é que esses dois tipos de alimentação propõe substituir o consumo da carne.  A principal diferença entre vegano e vegetariano é que o veganismo consiste em uma filosofia de vida que compreende áreas e aspectos mais complexos, indo muito além de uma dieta. 

O Veganismo Como Estilo de Vida

O veganismo cultiva um propósito ético em todos os níveis, esferas e aspectos da existência. O principal objetivo é levar uma vida guiada pela compaixão em relação aos animais, ao planeta e à humanidade. 

Obviamente, isso inclui a forma de se alimentar e o tipo de comida que se ingere. Mas também diz respeito às escolhas de roupas, calçados, produtos de beleza e higiene  pessoal, e inclusive de limpeza. 

A Sociedade Vegetariana foi fundada em 1847 e define que:

O vegetariano é uma pessoa que adota uma alimentação a base de grãos, leguminosas, vegetais, frutas secas, sementes, cogumelos, algas, leveduras e outros alimentos (por exemplo: o sal e os temperos), podendo ou não consumir laticínios, ovos e mel

Agora, precisamos recalcar que o veganismo não se reduz a um tipo de alimentação, mas integra uma concepção filosófica. A Sociedade Vegana (The Vegan Society) foi fundada em 2005 e define o veganismo da seguinte maneira: 

Uma forma de vida que busca excluir, na medida do possível, todas as formas de exploração e crueldade animal para a obtenção de alimentos, vestimentas e qualquer outro propósito. 

Diferenças entre Vegano e Vegetariano

Você já conseguiu perceber a principal diferença entre vegano e vegetariano? Vamos resumir:

Enquanto o vegetariano simplesmente elimina o consumo de carne animal, a ética vegana se opõe a todo tipo de uso, abuso e exploração dos animais.  

Por isso, uma pessoa vegana não apenas deixa de comer carne, como também luta contra o maltrato e o abuso animal, que estão implícitos nas indústrias dos alimentos, da moda, do entretenimento e da beleza/cosmética. 

Isso requer se transformar em um consumidor responsável e dizer “não” de forma contundente a todos os subprodutos ou derivados de origem animal (ovos, mel, laticínios, couro, seda, peles, lã, etc.), assim como aos produtos testados em animais. 

5 Motivos para Fazer a Transição a uma Vida 100% Vegan

Agora que já esclarecemos a diferença entre vegano e vegetariano, queremos compartilhar alguns motivos para migrar a uma vida 100% vegan, principalmente se você já é vegetarian@. Prepare-se para a melhor parte deste artigo: 

1. Vida saudável

A alimentação vegana equilibrada te oferece nutrientes de alta qualidade, que se traduzem em benefícios para as funções vitais do seu organismo. Quem não deseja se sentir bem, forte e cheio de energia? 

Pois saiba que o veganismo também te ajudará a manter a boa forma, consumir melhores fontes de proteínas, vitaminas e gorduras mais saudáveis

Inúmeros estudos demonstram seus benefícios: 

  • Reduz o risco de desenvolver determinados tipos de câncer (principalmente de cólon e de próstata).
  • Diminui o risco de diabete.
  • Previne problemas cardíacos. A saúde cardiovascular começa com uma nutrição de qualidade. A ingestão de antioxidantes, micronutrientes e fibras, combinada com a redução significativa das gorduras saturadas, garante o bem-estar de todos os órgãos e tecidos.  
  • Previne o sobrepeso e a obesidade, dois fatores negativos para a nossa saúde. Quanto mais os estudos científicos avançam, maior concordância existe que a gestão de um peso equilibrado diminui a predisposição a inúmeras doenças. Cada vez mais organizações endossam a dieta vegana no combate ao sobrepeso e na conquista de um melhor estado geral de saúde. 
  • É um poderoso antiage. Sim, você leu muito bem! Uma alimentação a base de plantas fornece um elevado aporte de antioxidantes que combatem o envelhecimento celular. Além de se sentir melhor por dentro, você notará mudanças incríveis por fora.  

2. Você já Percorreu Boa Parte do Caminho

Se você é vegetarian@, já percorreu um longo caminho e o vento sopra ao seu favor para fazer a transição ao veganismo. Você plantou a semente da compaixão ao eliminar o consumo de carne e deixar de fomentar o sofrimento animal. 

Sua consciência sobre o futuro do nosso planeta está bem ativa. Porque você sabe que a indústria da carne é uma das principais responsáveis pelo aquecimento global e pelo desmatamento. 

3. Facilidade Aqui e Agora

Hoje em dia, ser vegan@ é mais fácil do que nunca. Há alguns anos, não existia nem metade da variedade de produtos que estão ao alcance das suas mãos. Nem mesmo nos maiores supermercados… 

Atualmente, encontramos comércios especializados e lojas de produtos naturais, nos quais podemos encontrar de tudo! Grãos selecionados, leguminosas orgânicas, molhos e cremes incríveis, frutas secas, leites e queijos vegetais, linguiças e salsichas veganas, carnes vegetais, etc. 

Ainda por cima foram inventados aplicativos para te ajudar a encontrar as lojas mais próximas de você. Além disso, podemos comprar online e selecionar, sem sair de casa, toda a variedade de ingredientes para preparar nossas refeições. 

4. Mais compaixão

Levar uma vida compassiva é uma escolha baseada em uma filosofia. E isso significa se orientar por certos valores, códigos éticos e morais.

Eles possam ser expressados de diferentes maneiras, de acordo com a personalidade de cada pessoa. Mas sempre se revelam como uma doçura especial que nutre a alma e nos guia a construir uma sociedade mais gentil

Damos o próximo passo para evitar que os animais sofram? Lembremos que uma transição não significa cortar freneticamente alimentos da nossa dieta. É um processo gradual que deve respeitar os tempos de cada pessoa. Pouco a pouco, no seu ritmo, você vai aprender a substituir, adicionar e retirar alimentos de forma criativa. 

5. Basta de  Sofrimento Animal

Se nos trasladamos aos cenários da indústria dos ovos e do leite, veremos realidades lamentáveis e entristecedores. Infelizmente, essas práticas cruéis são invisíveis (ou melhor, invisibilizadas) para a maioria dos cidadãos. 

Os relatórios da maior organização mundial pelos direitos dos animais (PETA) revelam os abusos aos quais são submetidos os pintinhos machos, pois não serão uteis na fabricação de ovos. Enquanto as vacas são separadas dos seus bezerros logo após o parto, porque seu leite deve ser destinado à alimentação humana.

Cada vez mais estudos vem demonstrando a complexidade emocional das vacas. Isso significa que todos os processos aos quais são submetidas geram grandes níveis de sofrimento e tristeza

A produção de laticínios também implica na morte de milhares de bezerros machos, que não resultam úteis para essa indústria. Sem mencionar a quantidade de vacas sacrificadas prematuramente quando a produção de leite diminui. 

Um destino similar é concedido às aves de criação. Muitos documentários e vídeos online abordam essa questão sensível de forma esclarecedora. 

Agora, se você quer dar o próximo passo e começar a planejar sua alimentação vegana, navegue na seção “Guias Veganos”. Nela, você encontrará inúmeros recursos e dicas para orientar sua transição e desfrutar do seu novo estilo de vida. 

Lembre-se: cada passo adiante é um motivo para estar orgulhos@ de você mesm@! Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários 🙂

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Total Page Visits: 35

También Te Podría Interesar:

×
×

Carrinho