10 Dicas para Novos Veganos

Descubra 10 Dicas para Novos Veganos

As melhores aventuras sempre começam com um primeiro passo.

Você decidiu dar o pontapé inicial para uma transformação positiva na sua vida adotando uma alimentação vegana? Ótimo! Mas se ainda não sabe muito bem por onde começar, confira essas 10 dicas para novos veganos que te ajudarão a desfrutar plenamente do seu novo estilo de vida. 

Mas vá com calma e tenha paciência para respeitar os tempos do seu organismo. As mudanças não acontecem da noite pro dia, como num passe de mágica. E sabe qual é a melhor parte de tudo isso? Você já estará levando uma vida mais saudável e consciente.

Agora sim, vejamos nossas dicas de veganismo para principiantes: 

1. “Veganize” seus pratos favoritos e foque nos produtos frescos

Escolha dois ou três pratos favoritos, daqueles que você come várias vezes por semana. Depois, pense e pesquise como você poderia substituir os ingredientes necessários para veganizá-la. Desta forma, resultará mais simples fazer a transição, começando com comidas que você gosta e que já fazem parte do seu cotidiano.

Para se inspirar, confira essas receitas versáteis com lentilhas e esses snacks saudáveis e super fáceis de preparar. Lembre-se de incluir frutas, verduras, grãos e leguminosas nos seus pratos! 

Afinal, de onde os veganos obtêm proteínas?

As principais fontes de proteínas vegetais são as leguminosas, as frutas secas e as sementes. Principalmente feijões, lentilha, ervilha, amendoim, amêndoas, nozes, carnes vegetais e tofu (uma espécie de queijo de soja rico em aminoácidos e com grande aporte de cálcio). 

2. Troque os laticínios por equivalentes de origem vegetal

Essa é uma das nossas dicas favoritas para novos veganos. Sabe por quê? Porque, hoje em dia, existe muita variedade!

Você pode preparar seus próprios “laticínios” a base de cereais, nozes, amêndoas, levedura e frutas secas em geral. Também é super fácil elaborar leites vegetais caseiras, usando amêndoas, coco, soja, arroz e muitas outras variantes.

Além disso, existem várias receitas de maioneses veganas, patês e pastinhas que são um sucesso! E quando estiver sem tempo, já é possível encontrar leites e laticínios vegan em supermercados e comércios especializados.

3. Leia bem os rótulos dos produtos antes de comprá-los

Quando for comprar pão, massas, temperos ou doces, leia com atenção os rótulos para verificar se são veganos. Esta é uma ótima maneira de descobrir que existe uma enorme variedade de alimentos que você pode comer sendo vegano.

Além de te dar a chance de conhecer as propriedades nutricionais de cada alimento, antes de incorporá-lo na sua nutrição.   

Provavelmente, você se surpreenderá ao perceber que a maioria dos macarrões e massas em geral são vegans! Assim como uma boa variedade de doces, geleias, mostardas, ketchup e vinagres.

Porém, muitos produtos contém gorduras animais, restos de ovo e até anchovas desidratadas. Por isso, é importante ler bem os rótulos e etiquetas antes de decidir comprar.

4. Anime-se a ampliar seu paladar e descobrir novos ingredientes

A transição ao veganismo pode se tornar uma aventura muito divertida e enriquecedora! Com certeza, você já viu alguns ingredientes exóticos e comestíveis com texturas estranhas que ainda não se atreveu a provar. E por que não tentar agora?

Sempre existirão novas receitas veganas para somar ao seu cardápio e, com essas “raridades”, você poderá preparar pratos salgados e sobremesas deliciosas. A culinária vegana está repleta de possibilidades divertidas e variadas. Permita-se surpreender! Seu paladar, o meio ambiente e os animais te agradecerão!

5. Compartilhe sua mudança alimentar com as pessoas queridas

Convidar familiares, amigos, colegas, namorad@ pode ser de grande ajuda! Afinal, tudo fica mais gostoso na companhia de quem a gente gosta, certo?

Procure também grupos e páginas no Facebook, perfis no Instagram e em outras redes. As mídias sociais serão suas aliadas para conhecer pessoas que compartilham seus interesses, trocar ideias, novidades, receitas deliciosas, etc.     

6. Encontre restaurantes veganos perto da sua casa

Embora muita gente ainda pense que não, ser vegano também significa poder sair para comer fora.

Você não precisa se sentir “o estranho”, porque adotar o veganismo não significa ter que pedir só uma folha de alface num restaurante. Muito pelo contrário: significa que você escolhe se nutrir com tudo o que a terra te oferece.

Visitar um restaurante de comida vegana, certamente, te permitirá tirar uma folga da cozinha. Mas também é muito mais do que isso… É a oportunidade perfeita para ter contato com novas ideias e convidar sua família e seus amigos a aprender mais sobre seu novo estilo de vida.    

7. Descubra alternativas veganas econômicas

Algumas pessoas ainda duvidam em abraçar o veganismo por acreditar que este estilo de vida não “caberá no seu bolso”. Embora alguns produtos específicos, como carnes e queijos veganos, possam ter preços mais altos, a alimentação vegan não precisa ser cara!    

Como já te contamos, os feijões, o grão-de-bico, a lentilha e várias outras leguminosas são ótimas fontes de proteínas econômicas. Além disso, você pode dar preferência a frutas e verduras que estão na época e têm preços mais acessíveis.

Para realçar o sabor dos seus pratos, há uma enorme variedade de temperos, ervas aromáticas (frescas ou desidratadas), e molhos deliciosos. Com um bom planejamento, você pode diminuir os desperdícios e até conseguir economizar sendo vegano. 

8. Tenha paciência com você mesmo

Cada indivíduo tem um organismo único e levará seu próprio tempo para realizar a transição ao veganismo. Não se desanime se, por acaso, algumas etapas resultem mais difíceis que outras. Ou se algumas pessoas não concordarem com a sua nova forma de viver.

É normal que as pessoas duvidem e até critiquem aquilo que não está de acordo com suas crenças e opiniões. Então, não leve para o lado pessoal… A compaixão que você decidiu dedicar a outros seres vivos também deve ser aplicada a você mesm@ e a todos ao seu redor.

Lembre-se que toda transformação leva tempo e o mais importante é aprender a aproveitar cada etapa dessa jornada. Porque não se trata de chegar a um destino final, mas sim de aprender com cada passo. E no decorrer do caminho, você encontrará melhores formas de cuidar de você mesm@, do planeta e dos animais.

9. Encontre e abrace o seu propósito

Descubra qual é a verdadeira razão pela qual você decidiu encarar essa transformação. E se algum dia se sentir desanimado, dedique um tempinho para revisitá-la. Pense na sua saúde e nos benefícios que o seu novo estilo de vida representa para o meio ambiente.

Lembre-se que, em cada refeição, você escolhe honrar nossa terra, seus recursos e habitantes. Tudo o que nós fazemos, mesmo que possa parecer pouco, gera um impacto no mundo inteiro.   

10. Aprenda algumas noções básicas de nutrição

Essa dica é fundamental para todos: onívoros, vegetarianos ou veganos. Porque sempre resulta enriquecedor conhecer um pouco mais sobre os nutrientes que o nosso organismo necessita para estar saudável.

O prato vegano de Brenda Davis, RD e Melina Vesanto, MS, RD, duas referências mundiais na nutrição vegana, é um ótimo site para começar a aprender. Seu livro “Becoming Vegan” está disponível em Inglês e em Espanhol; e o “100% Vegetariano” também já foi traduzido ao Português.

Esperamos que essas 10 dicas para novos veganos te motivem a empreender sua própria jornada! E se você tiver mais conselhos úteis, deixe seu comentário e compartilhe com a gente.   

Até a próxima! 🙂

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

También Te Podría Interesar:

×
×

Carrinho