Dicas para comer fora sendo vegano

Como Comer Fora Sendo Vegano?

A seguir, compartilhamos 10 dicas para te mostrar que comer fora sendo vegano pode ser muito mais fácil e divertido do que você imagina. Lembre que sempre haverão alternativas para dividir bons momentos na companhia dos nossos queridos. Mantenha as energias positivas e confira esses conselhos: 

Em Restaurantes

1. Aplicativos e guias de restaurantes veganos

Atualmente, existem ótimos apps e sites que te ajudarão a encontrar restaurantes para comer fora sendo vegano. Essas ferramentas costumam ser especialmente úteis quando estamos viajando.

HappyCow localiza restaurantes no seu perímetro e VeganXpress te ajuda a encontrar opções veganas nos cardápios das franquias de restaurantes mais populares. 

A tecnologia é uma grande aliada para que comer vegano fora de casa seja cada vez mais fácil e interessante. 

2. Pesquise e pergunte

Se você não sabe se determinado estabelecimento serve ou não comida vegana, procure o cardápio online. E se não encontrar, simplesmente ligue e pergunte. 

Em muitos restaurantes, é possível avisar com antecedência ao chef e solicitar que prepare um prato especial para você. Obviamente, isso requer tempo e, por isso, nunca deixe para última hora. 

Lembre-se também que nem todo mundo entende o que significa ser vegano. Então, o ideal é que você explique claramente o que não come. Você verá que, se for gentil ao explicar, as pessoas responderão com gentileza ao seu pedido. 

3. Monte seu Prato Inteligente

A maioria dos cardápios oferecem sugestões vegetarianas que podem se tornar veganas facilmente. Basta perguntar se os laticínios podem ser substituídos!

Por exemplo, se você está em um restaurante mexicano que oferece burritos de vegetais, consulte se é possível substituir o queijo e o molho cremoso (a base de creme de leite) por guacamole. 

Além disso, muitas guarnições são aptas para vegetarianos e veganos, ou podem ser adaptadas. 

Com Amigos e Familiares

As reuniões com amigos e familiares podem ser ocasiões perfeitas para compartilhar sua filosofia de vida. Com calma e carinho, explique porque você tomou a decisão de adotar o veganismo e comente sobre todas as comidas gostosas que costuma preparar.
 
Também será de grande ajuda conhecer informações de fontes confiáveis que endossem a dieta vegana. Desta forma, será mais fácil evitar que as argumentações sobre seu estilo de vida possam recair em discussões banais. 
 
Para manter um ambiente positivo e agradável, recomendamos:
 

1. Mostrar um Espírito colaborativo e proativo

Que tal compartilhar um prato salgado e um doce? Também vale a pena conversar com a pessoa que cozinha, ajudar a fazer as compras, propor uma opção vegana e colocar as mãos na massa para preparar a comida. Uma boa ideia é oferecer ajuda na preparação dos vegetais. 

2. Comunicação clara e positiva

Se o plano é comer fora, será preciso entrar em um acordo sobre o restaurante. E você pode (e deveria) sugerir algumas alternativas vegetarianas ou veganas

Entre em contato com o estabelecimento escolhido para verificar o que eles servem. Talvez, não tenham um cardápio 100% plant-based, mas é possível que ofereçam boas alternativas para você. 

Ao abordar as questões relacionadas ao veganismo, seja paciente e mantenha o bom humor. Predicar com o exemplo será sempre sua maior fortaleza.

3. Tenha iniciativa e se permita brilhar na cozinha

Tenha fé nas suas habilidades culinárias! Anime-se a convidar seus amigos, familiares e pessoas queridas para degustar suas comidas caseiras.
 
Muitas vezes, os substitutos não parecem atrativos para quem está acostumado a uma dieta carnívora. Mas você pode preparar alguns aperitivos (hummus ou pasta de azeitonas, por exemplo), um prato principal (que tal se inspirar nessas receitas versáteis com lentilhas?) e uma sobremesa.
 
Sempre aposte na sua originalidade! Use um bom azeite, temperos e ervas aromáticas para dar seu toque pessoal às receitas. 

 

Viajando

1. Aprenda sobre a cultura do seu destino

Aprender algumas frases no idioma do seu lugar de destino demostra interesse pela cultura e pelos costumes locais. E quais são as palavras mágicas? As que todos conhecemos, é claro: “Obrigado(a)!” e “Por favor“.
 
Também recomendamos montar sua lista de frases e expressões para facilitar a comunicação com a população local. Por exemplo: “Soy vegan@” e “Não como carne, ovos e laticínios”. 
 
Os hábitos alimentares podem variar significativamente dependendo do país ou da região onde nos encontremos. Vale a pena conhecer as diferenças e particularidades culturais de cada povo. Assim como pesquisar sobre como o veganismo está enraizado nos lugares que você pretende visitar. 
 

2. Planeje seu cardápio

Se você quer comer fora sendo vegano durante uma viagem, será melhor usar HappyCow para encontrar restaurantes veganos. Caso estiver na dúvida sobre os pratos servidos em  determinado estabelecimento, leia o cardápio e veja se é possível pedir uma ou várias guarnições.
 
Você também pode perguntar se eles servem vegetais como acompanhamento (ao vapor, refogados ou assados). Ou se é possível pedir um prato de arroz e feijão com salada.
 

3. Aproveite a Internet!

Consulte aplicativos e sites que te ajudam a encontrar informação útil. Os blogs de viagem são ferramentas incríveis, assim como as #hashtags para fazer buscas no Instagram e no Pinterest. Procurando por #vegantravel, você encontrará centenas de dicas e recomendações para planejar sua viagem. 
 
Conhecer veganos nativos de outros países do mundo e interagir em grupos online também te ajudará a se manter conectado e atualizado. 
 

4. Comunique-se e compartilhe seu conhecimento

Se você vai viajar com outras pessoas, conte a elas que você é vegan@. Caso se hospede com amigos ou compartilhe uma casa com outros viajantes, faça suas compras, compartilhe snacks gostosos e cozinhe para eles. Por que não veganizar aqueles pratos que todos amamos, como a pizza e as massas? 
 
A convivência nem sempre é fácil, nós sabemos . Mas essas dicas te ajudarão a transformá-la em uma experiência positiva. Talvez, seus anfitriões tenham amigos ou familiares veganos, que podem te apresentar seus restaurantes e estabelecimentos favoritos da cidade. Por tudo isso, uma boa comunicação é chave para comer fora sendo vegano e desfrutar ao máximo da sua viagem. 
 
E você, tem seus próprios “segredos” para comer fora sendo vegano? Deixe seus comentários e compartilhe com a gente! Amamos aprender com vocês 🙂
 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

También Te Podría Interesar:

×
×

Carrinho